Click na Viagem

Despesas viagem Malta

Segue principais despesas relacionadas ao período que passei na Ilha de Malta.

Total em semanas: 12,5

Total em dias: 87

Taxa de câmbio média: 3,6

Alimentação  €      484,46  R$          1.744,06
Transporte  €      106,30  R$             382,68
Curso de inglês  €      976,50  R$          3.515,40
Passagens aéreas  €   1.077,49  R$          3.878,95
Seguro Viagem  €      196,00  R$             705,61
Worldpackers  €        56,49  R$             203,37
Total  €   2.897,24  R$        10.430,07
Gastos na Ilha de Malta

Representação gráfica dos gastos na Ilha de Malta

  • Nas despesas com alimentação estão incluídas compras no supermercado e refeições feitas fora de casa.
  • As despesas com transporte referem-se a compra de cartões de ônibus, tickets de barcos para outras ilhas ou passeios de barco.

Despesas por semana

Alimentação  €         38,76  R$              139,52
Transporte  €           8,50  R$                30,61
Curso de inglês  €         78,12  R$              281,23

Quer saber tudo sobre esta experiência na Ilha de Malta? Confira os posts Explorando Malta em três meses e Malta e suas belezas naturais.

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de dar uma sugestão? Deixe seu comentário! 😉

Siga Aline Antunes e Click na Viagem no Instagram e acompanhe tudo em tempo real!

Precisando de ajuda para fazer sua mala? Conheça nosso Checklist Organização de Mala, disponível para download gratuito, e o nosso serviço de Organização de Mala Online.

12 comentários sobre “Despesas viagem Malta

    1. Click na Viagem Autor da Postagem

      Oi Bárbara,
      Sim, o investimento no curso de conversação é menor e se você tem inglês upper intermediate eu recomendo, pois também abrange gramática. Fui no final de abril e fiquei até final de julho 🙂

    1. Click na Viagem Autor da Postagem

      Oi Leonardo,
      Muito obrigada 🙂
      Sim, isso mesmo. Só não contabilizei aqui as despesas com alimentação nos países que viajei durante o mesmo período, Grécia e Itália. Sinceramente, não deixei de comer nada do que tinha vontade, rs. O que gerou essa economia foi o fato de cozinhar no hostel. Dificilmente eu saia pra comer algo na rua. As vezes também fazíamos um almoço ou jantar coletivo, onde alguém comprava todos os ingredientes, cozinhava e dividíamos. Saia bem baratinho. Fiz strogonoff duas vezes e a galera curtia muito. Ah, também fiz pesquisa de preços assim que cheguei lá em uns três mercados e algumas vezes eu e outras duas amigas comprávamos itens em quantidade maior e dividíamos, pois saia mais em conta. Espero ter ajudado. Abraços

  1. BÁRBARA

    Oii Aline! Obrigada pelas dicas! Você fechou o curso de inglês por alguma agência aqui no Brasil? É seu nível de inglês antes de ir já era bom? O que me diz do curso lá? É par cido com os que fazemos aqui no Brasil?

    1. Click na Viagem Autor da Postagem

      Oi Bárbara, tudo bem?
      Que bom que gostou das dicas, fico feliz 🙂
      Eu fechei o curso de inglês direto com a International House. Fui com nível upper intermediate e fiz só conversação.
      O curso é parecido sim, a diferença é que vc terá colegas de vários lugares do mundo, com sotaques diferentes e isso que é bacana, pois vc usará o inglês o tempo todo. Também achei interessante que enquanto eu estava estudando na escola teve uma auditoria do governo. A auditora se reuniu com grupos de estudantes e perguntou sobre tudo. Fui uma das estudantes que fez parte do grupo, e as perguntas se referiam a tudo mesmo, professores, estrutura física, material, atendimento, cumprimento dos horários, etc.
      Se precisar de mais alguma informação estou a disposição.
      Abraço.

  2. Deborah

    parabens! Muito legal!
    Eu vou ficar 8 semanas e queria ter uma base de valores. Seu post foi bem explicadinho.
    Você pode me tirar outras dúvidas?
    Que escola estudou? Qual seu nível de inglês? Vc considera que aprendeu bem? Me conte…
    sobre a acomodação, qual região da ilha vc ficou?
    Sabe se na ilha as pessoas se locomóvel de bicicleta? É fácil achar uma bike por lá?
    Obrigada!

    1. Click na Viagem Autor da Postagem

      Olá Nilce,
      Muito obrigada. O feedback do leitor é muito importante pra mim ?.
      Atuei na recepção do hostel. Foi uma experiência bem especial, pois consegui uma boa melhora na conversação. Vale lembrar que não precisa ter fluência para se candidatar.
      Espero que continue acompanhando as atualizações do site, pois em breve vou divulgar outros artigos mostrando que você pode praticar e melhorar o nível de inglês aqui no Brasil.
      Cadastre seu email para receber as notificações ?. Abs

    1. Click na Viagem Autor da Postagem

      Olá Tatiani,
      Eu fui como turista e fiz voluntariado. A permissão de trabalho em Malta só pode ser obtida através de uma empresa. Como turista ou estudante você não pode trabalhar legalmente. Parece que já existe uma discussão para que essa regra mude e os estudantes possam trabalhar part-time, mas creio que ainda não está vigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *