Click na Viagem

Visitando a capital mundial da pedra ametista

Uma cidade pequena e acolhedora onde a energia dos cristais, especialmente da pedra ametista, está por toda a parte. Dessa forma defino Ametista do Sul, município com pouco mais de 7.000 habitantes localizado na região noroeste do Rio Grande do Sul, que leva o título de capital mundial da pedra ametista e encanta visitantes do mundo todo pela riqueza que lá se encontra, já que a maior jazida de pedra ametista do mundo está na cidade.

Durante anos residi nas proximidades de Ametista do Sul e após criar o blog ela entrou para a lista de destinos que eu desejava dedicar um artigo, considerando seu potencial turístico e sua importância no cenário econômico regional.

Emancipada em 20 de março de 1992, a jovem cidade teve a extração de pedras ametista e ágata iniciada cerca de 50 anos antes, na década de 40, e ampliada na década de 70 com a instalação de grandes empresas exportadoras. Atualmente 75% da economia de Ametista do Sul está ligada à exploração de pedras preciosas e a cidade exporta para vários países sendo China e Índia os maiores compradores.

Encontrar pedras preciosas é uma tarefa fácil em Ametista do Sul. Mesas são colocadas ao ar livre, em frente a pequenos estabelecimentos comerciais ou casas em vários pontos da cidade, repletas de pedras prontas para venda por valores que variam de R$1,00 a R$30,00. Pesquisando para escrever este artigo constatei que essa era a maneira que os primeiros agricultores usavam para vender as pedras que encontravam durante o preparo da terra para plantio. Uma prática que segue até hoje.

Quanto ao turismo, a cidade vem investindo em novos atrativos e na melhoria dos existentes, já que vem recebendo cada vez mais visitantes com essa finalidade. O turismo holístico também vem ganhando seu espaço. Dois locais visitados já abriram suas portas para esse movimento, recebendo grupos para cerimônias nas minas desativadas. Além disso, a cidade oferece muitos atrativos que aproximam o visitante dos benefícios energéticos das pedras, o que é um diferencial nesta categotia de turismo.

Pirâmide Esotérica

A pirâmide de energização ou esotérica foi construída em 1998 e está localizada na praça central da capital mundial da pedra ametista. É um local para meditação e renovação de energias que também representa a conexão entre a terra e o céu. Suas paredes são cobertas por pedras ametista que juntamente com o som ambiente e iluminação que entra pela parte superior da pirâmide (transparente) oferecem ao visitante uma experiência repleta de paz interior. Os quatro ângulos da pirâmide representam Terra: Profundidade, Fogo: Verdade, Água: Silêncio e Ar: Inteligência.

Vista do lado externo da piramide esotérica
A pirâmide chama a atenção de quem passa pela Praça Central da cidade. Uma obra com características únicas e um ambiente onde o visitante se sente acolhido para ter um momento de paz e reflexão.
Interior da pirâmide esotérica
No interior da pirâmide as pedras ametista que formam as paredes refletem os raios do sol que entram pelo teto transparente, ao mesmo tempo que é possível observar o céu ouvindo uma música relaxante
Pedras no chão da pirâmide esotérica em Ametista do Sul
No chão do centro da pirâmide há um local cheio de pedrinhas onde o visitante pode colocar os pés descalsos e sentar-se para o seu momento de meditação

Restaurante Subterrâneo – Belvedere Mina

O único restaurante subterrâneo temático em pedras ametista do mundo foi construído a pouco mais de um ano em uma mina desativada e faz parte do Complexo Belvedere Mina, que também conta com hotel, mirante e mina ativa. O restaurante é encantador e a energia das pedras está por toda a parte, desde as paredes até as mesas e demais itens de decoração. A temperatura do restaurante se mantém, naturalmente, entre 17 e 20°, independente da época do ano, o que deixa o ambiente muito agradável. Andando pelo restaurante é possível sentir os benefícios que a energia das pedras proporciona, o que se traduz em tranquilidade e a vontade de passar muitas horas no local. O restaurante está aberto ao público para café da manhã, almoço, jantar e eventos, mas também pode ser somente visitado. O valor da entrada para visitação é de R$10,00.

Interior do Restaurante Subterrâneo em Ametista do Sul que mostra a disposição das mesas e objetos de decoração
O interior do Restaurante Subterrâneo com seus detalhes em pedras preciosas
Restaurante Subterrâneo
Um local muito agradável para passar momentos únicos com a família e amigos
Detalhes de uma das mesas no Restaurante Subterrâneo
Cada mesa do Restaurante Subterrâneo é uma obra de arte. Nesta, a pedra em formato de coração, traz um ar de romantismo ao momento
Um bar feito dentro de uma gruta de pedras preciosas no Restaurante Subterrâneo
Detalhes que deixam o ambiente do Restaurante Subterrâneo ainda mais lindo
Mais uma das mesas do Restaurante Subterrâneo com seus detalhes em pedras preciosas
Nesta mesa quase toda a sua base é feita de uma única pedra

Vinícola Ametista

A cidade também se destaca pela produção de vinhos, muito bem representada por vinícolas que oferecem produtos de alto padrão, entre elas a Vinícola Ametista, situada na maior jazida de pedras ametista do mundo. A Vinícola está aberta ao público diariamente e a visitação contempla um passeio pelas galerias subterrâneas com cerca de 300 metros de profundidade, onde o vinho passa pelo processo de envelhecimento, explicação sobre o processo produtivo e tipos de vinhos produzidos, bem como degustação. A Vinícola tem mais de 15 anos de experiência no plantio de videiras (produção própria) que aliada às condições climáticas e do solo da região oferecem ao visitante a oportunidade de provar um produto diferenciado em um local muito agradável, apreciando as belezas naturais do local.

Local onde é realizada a degustação de vinhos na Vinícola Ametista
Receptivo da Vinícola Ametista e local onde os vinhos são degustados e comercializados
Fermentação do vinho na Vinícola Ametista
Fermentação em tambores de aço inox, uma das etapas do processo produtivo do vinho
Amadurecimento do vinho e repouso de garrafas dentro da mina desativada
Dentro da mina desativada acontece o amadurecimento do vinho em barris de carvalho e as garrafas cheias são colocadas em repouso até estarem prontas para comercialização
Vale verde da Vinícola Ametista
Belo vale verde avistado da área da Vinícola Ametista

Ametista Parque Museu

O Ametista Parque Museu é um complexo turístico que oferece uma experiência completa ao visitante. A visitação inicia com um tour guiado e motorizado pelas galerias de uma mina desativada, segue pelo museu e sala de meteoritos, degustação de vinhos em galerias subterrâneas com mais de 200 metros de profundidade, loja de souvenirs e mirante com vista para um lindo vale. O Museu é o atrativo que mais atrai visitantes, pois trata-se de uma coleção com mais de 15 anos que possui cerca de 2.000 exemplares de pedras preciosas raras, incluindo a ametista mais valiosa encontrada até o momento com 2,5 toneladas. O local também conta com área externa para descanso onde o visitante pode passar um tempo em contato com a natureza exuberante do local. Em breve o parque também terá um restaurante que está sendo construído dentro da mina desativada. O valor atual do ingresso para todos os atrativos é de R$20,00.

Acesso a mina desativada no Ametista Parque Museu
Acesso a mina desativada e início do passeio
Tour guiado e motorizado no Ametista Parque Museu
Ao sair da mina, durante tour guiado e motorizado, é possível apreciar essalinda vista
Entrada do Museu no Ametista Parque Museu
Ao chegar na porta do Museu o visitante é recebido por estes tapetes de pedras e uma ametista com mais de 1,5m cortada ao meio
Ametista com 2,5 toneladas no Ametista Parque Museu em Ametista do Sul
Ametista mais valiosa encontrada até o momento com 2,5 toneladas
Sala de Meteoritos no Ametista Parque Museu
A Sala de Meteoritos é um local repleto de pedras raras, como as Rosas do Deserto vindas da Patagônia Argentina e um Meteorito com 132kg encontrado no município de Arvorezinha/RS
Galerias subterrâneas com mais de 200m de profundidade no Ametista Parque Museu
Galerias subterrâneas onde é realizada a degustação e comercialização de vinhos do Ametista Parque Museu
Garrafas de vinho no Ametista Parque Museu
Garrafas de vinho em repouco nas galerias subterrâneas da mina desativa
Acesso ao mirante no Ametista Parque Museu
Acesso ao mirante
Mirante do Ametista Parque Museu
Vista do Mirante do Ametista Parque Museu

Mirante – Belvedere Mina

O mirante do Complexo Belvedere Mina oferece uma vista privilegiada dos vales verdes da região, e é uma ótima opção para tirar belas fotos. O mirante está localizado às margens da rodovia RS-591, que leva a cidade de Planalto/RS, possui estacionamento e não há cobrança de entrada para visitação.

Mirante Belvedere Mina
Acesso ao Mirante Belvedere Mina
Vista do Mirante Belvedere Mina em Ametista do Sul
Vista do Mirante

Igreja Matriz Paróquia São Gabriel

A Igreja Matriz está localizada nas proximidades da Praça Central e é um dos locais mais visitados na cidade e obra única no mundo, já que suas paredes internas são revestidas por mais de 40 toneladas de pedras ametista extraídas do subsolo da própria cidade e em grande parte doadas pela população.

Igreja Matriz Paróquia São Gabriel em Ametista do Sul
A atual obra foi inaugurada em 2008 e recebe visitantes do mundo todo

Novo atrativo

Uma torre com quase 60 metros de altura está sendo construída pela Igreja Matriz e ficará pronta até 2020. O atrativo oferecerá um elevador que levará os visitantes até o mirante, no topo da torre, onde será possível contemplar a bela vista das belezas naturais da região.

Torre e mirante da Igraja Matriz São Gabriel em Ametista do Sul
Foto mostra estágio da obra em março de 2019

Aquisição de pedras preciosas

O visitante encontrará vários locais que comercializam pedras preciosas e objetos de decoração feitos com pedras nos pontos turísticos e também na rua, mas a maior loja de minerais do município é a LP Minerais do Brasil, que também é uma das maiores empresas do Brasil que comercializa pedras preciosas e semipreciosas. A loja fica na área central da cidade e recomendo ter pelo menos uma hora e meia para conferir os itens disponíveis, que vão desde pedras comercializadas por quilo até verdadeiras obras de arte como grutas, árvores da vida, orgonites, entre outros.

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de dar uma sugestão? Deixe seu comentário! 😉

Siga Aline Antunes e Click na Viagem no Instagram e acompanhe tudo em tempo real! 

Precisando de ajuda para fazer sua mala? Conheça nosso Checklist Organização de Mala, disponível para download gratuito, e o nosso serviço de Organização de Mala Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *